Página Inicial / ASSESSORIA DE IMPRENSA / SAUDE / Diretor de Clínica de Oncologia abre as portas para mostrar viabilidade de credenciamento do Estado

Diretor de Clínica de Oncologia abre as portas para mostrar viabilidade de credenciamento do Estado

Representantes do Movimento Oncologia Já! Pela efetivação do serviço em Serra Talhada, jornalistas, radialistas e políticos estiveram hoje visitando a Clipheonco, que funciona nas instalações da Clínica São Francisco, acompanhados do seu Diretor, o oncologista Rogério  Brandão.

A ideia foi mostrar que as instalações se adequam ao serviço de oncologia, ainda não credenciada pela Secretaria de Saúde do Estado para realização do serviço junto a pacientes do SUS.  A impressão a partir da visita foi de que as instalações são modernas, podendo abrigar dez pacientes simultâneos.

Jornalistas conversaram com pacientes que estavam sendo atendidos fazendo quimioterapia e ouviram deles que o tratamento em Serra Talhada é melhor que o oferecido em Recife, por vários motivos, a começar pelo acompanhamento médico, sem a obrigação de deslocamentos para outros centros, estando mais próximos da família.

Quanto ao fato de não contar com o serviço de radioterapia, a Direção da clínica argumenta que esse passo só pode ser dado após o credenciamento, pelo volume de investimentos. Uma cotação chegou a ser feita à SIEMENS, mas só é viável com a incorporação do atendimento do SUS. Outra argumentação é de que outras clínicas tiveram a autorização sem o serviço funcionando.

A questão gerou questionamentos entre o Diretor  Rogério Brandão e o Secretário Iran Costa, que afirma haver uma portaria que cria exigências não atendidas pela clínica.

O próprio Secretário Sebastião Oliveira indicou que haveria dificuldades para o funcionamento do serviço na Clipheonco, sendo questionado pelo Diretor e pelo dono da Cínica São Francisco, Nena Magalhães. Os dois são políticos e estão em palanques opostos.

O Estado tem dito que o serviço funcionará no Hospital Geral do Sertão, ainda em obras. A ideia do grupo agora é chegar ao governador Paulo Câmara. Um abaixo assinado está colhendo assinaturas, organizado pelo Movimento, para auxiliar na pressão.

(Nill Júnior)

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com