Página Inicial / ASSESSORIA DE IMPRENSA / GREVE / Comboio do Exército, das polícias e dos bombeiros libera pontos de obstrução na BR-101 em Pernambuco
?

Comboio do Exército, das polícias e dos bombeiros libera pontos de obstrução na BR-101 em Pernambuco

Um comboio formado por instâncias da segurança federal e estadual percorre a BR-101, em Pernambuco, para desobstruir os pontos remanescentes de obstrução feitos durante o protesto dos caminhoneiros, nesta quarta-feira (30).

A operação “Corredores Livres” é formada por cerca de 100 agentes do Exército, pelas polícias Militar e Civil, pela Polícia Rodoviária Federal e pelo Corpo de Bombeiros, para permitir o escoamento de cargas dos centros de armazenamento para outras regiões do estado. A operação, segundo o Exército, pode ser ampliada para outras rodovias do estado, caso haja necessidade.

Por volta das 16h20 desta quarta (30), os caminhões estacionados no acostamento da BR-101 no bairro de Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes, próximo à fábrica da Vitarella, foram retirados do local, assim como no trecho da rodovia localizado próximo à fábrica da Coca-Cola. Nesses dois pontos, assim como na Avenida Portuária, em Suape, ficavam os bloqueios principais que limitavam o fluxo de combustível.

Desde a madrugada desta quarta, os caminhoneiros desobstruíram os pontos onde eram feitos bloqueios de caminhões ao Porto de Suape, na Avenida Portuária, no Grande Recife, após ação da Polícia Militar em cumprimento de medida judicial. Com o acesso liberado ao Porto de Suape, caminhões com cargas circulam livremente e sem escolta.

De acordo com o general Carlos Pontual, comandante da 10ª Brigada de Infantaria Motorizada, os comboios já começaram a sair durante a tarde desta quarta-feira. A operação continua até o fim da greve dos caminhoneiros, que chegou ao 10º dia.

“Vamos atuar prioritariamente na BR-101. Hoje, o comboio está saindo e fizemos o planejamento. Ele percorrerá todo o eixo da rodovia e qualquer interrupção será liberada. O último ponto significativo de bloqueio, em Suape, foi liberado. Podemos ter pequenos pontos de obstrução, mas nada grande”, disse o general Pontual.

Segundo o general Heber Garcia, chefe do Estado-Maior do Comando Militar do Nordeste, as escoltas aos caminhões que saem do Porto de Suape em direção a outras regiões do estado podem acontecer enquanto houver risco de retenção.

“Nossa percepção é de que houve uma diminuição no movimento, mas não é possível prever um dia em que a greve será encerrada. A principal ação foi a distribuição de mais de 6 milhões de litros de querosene de aeronave a diversos aeroportos na nossa região, principalmente no Recife, Salvador, Fortaleza, Aracaju e Maceió”, disse Hebert.(G1-PE)

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com