Página Inicial / ASSESSORIA DE IMPRENSA / ESPORTES / Argentina sofre três gols da Croácia e se complica na Copa do Mundo

Argentina sofre três gols da Croácia e se complica na Copa do Mundo

A Argentina chegou para o confronto contra a Croácia precisando da vitória para ter boas chances de se classificar para a próxima fase da Copa do Mundo . No entanto, fez um péssimo jogo, viu o adversário dominar as ações, marcar três golaços e vencer a partida por 3 a 0.

O primeiro gol saiu após uma falha incrível de Caballero. O goleiro tentou sair jogando, mas mandou nos pés de rebic, que emendou um chute de primeira indefensável. O segundo foi de Modric, que chamou Otamendi para dançar, abriu espaço e acertou uma finalização bem no cantinho. Depois de acertar o travessão em cobrança de falta, Rakitic aproveitou rebote do arqueiro da Argentina e completou para o gol vazio.

O jogo

Com os dois times buscando o gol desde o pontapé inicial, a Croácia foi a primeira a ter uma boa chance de gol. Logo aos 4 minutos, Perisic recebeu lindo passe pela esquerda, usou sua aceleração e finalizou cruzado de canhota. A bola ia entrar no canto esquerdo de Caballero, mas o goleiro se esticou todo para desviar com a pontinha dos dedos. Mesmo bastante consestado, o goleiro argentino fez grande defesa.

A resposta da Argentina veio aos 12 minutos. Acuña foi até o fundo e cruzou para Meza, que chegava por trás. O meia ajeitou o corpo e finalizou forte. Sorte do goleiro Subasic que a bola foi em cima de Lovren, que evitou o gol.

Na metade do tempo inicial, as duas equipes perderam chances claras de sair na frente. As 29 minutos, Agüero pexou o ataque pelo lado esquerdo, Vida chegou a fazer um orte parcial já dentro da área, mas a bola sobrou nos pés de Enzo Pérez. De frente para o gol e sem marcação, o volante finalizou de perna esquerda, tentou escolher o lado, mas tirou demais e mandou para fora.

Dois minutos depois foi a vez da Croácia. Mandzukic aproveitou a zaga da Argentina em linha, fez uma movimentação em velocidade e recebeu cruzamento de Modric livre quase na pequena área. Mesmo especialista no jogo aéreo, o atacante não acertou o tempo de bola e também mandou pela linha de fundo.

Depois destas duas chances perdidas, o primeiro tempo não poderia ter um resultado diferente de um zero a zero. Para abrir o placar, alguem teria que cometer uma falha grave. E foi exatamente o que aconteceu.

8 minutos após o início do segundo tempo, o ataque da Croácia não deu certo e Mercado recuou com Caballero. O goleiro foi tentar sair jogando, mas errou completamente o passe pelo alto, a bola não chegou a nem sair da área e foi nos pés de Rebic. O atacante não titubiou, aproveitou que a bola estava caindo, emendou uma finalização girando e marcou um golaço para dar a vantagem à seleção europeia. Que falha bizarra do arqueiro argentino.

Para buscar o resultado, Sampaoli colocou Higuaín e Pavon. Aos 18 minutos, o atacante da Juventus cruzou rasteiro, Meza apareceu para finalizar, mas Subasic defendeu, mas a bola ficou ao lado da trave, ainda na pequena área. O próprio meia aproveitou o rebote, rolou para Messi, mas o capitão estava bem marcado e a finalização pegou em cima da zaga e saiu em escanteio.

No minuto seguinte, a Croácia quase ampliou. Depois de ataque com muita velocidade, Versaljko cruzou para Mandzukic, mas o atacante tentou dar um peixinho e mandou muito perto da trave. Mais uma tentativa disperdiçada pelo atacante que é especialista no jogo aéreo.

Com a vantagem do placar, a Croácia começou a cadenciar a partida, enquanto a Argentina buscava o empate, mas se limitava a cruzar bola na área sem perigo nenhum.

Aos 35 minutos, foi a vez de Modric se consagrar. O meia do Real Madrid já era o melhor em campo, com grandes passes e roubando muitas bolas., recebeu bom passe na entrada da área. Com um drible de corpo, deixou Otamendi perdido, abriu espaço e mandou um chute com muito efeito no canto inferior e marcou mais um golaço na partida.

Rakitic teve a chance de deixar o placar ainda mais elástico. Aos 41 minutos, o meia do Barcelona cobrou falta com perfeição, mas a bola explodiu na junção entre a trave e o travessão.

Cinco minutos depois, o camisa 7 não perdeu a chance e transformou a derrota da Argentina em tragédia. Rakitic puxou o contra-ataque e arriscou da entrada da área. Caballero defendeu, mas deu rebote. Com muita frieza, Kovacic dominou, rolou para o jogador do Barcelona que chutou para o gol sem goleiro e fez o terceiro da Croácia.

Com o resultado, a Argentina está perigando ser eliminada ainda na primeira fase da Copa do Mundo. A Croácia chegou aos 6 pontos e se garantiu no mata-mata. Os hermanos ficaram com apenas um, empatados com a Islândia. A Nigéria não pontuou na primeira partida. Amanhã, islandeses e nigerianos se enfrentam e podem complicar ainda mais a vida da Argentina. (IG)

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com