Página Inicial / ASSESSORIA DE IMPRENSA / CIÊNCIA E TECNOLOGIA / Aplicativo criado em Pernambuco ajuda clientes a escolher farmácia com remédios mais baratos

Aplicativo criado em Pernambuco ajuda clientes a escolher farmácia com remédios mais baratos

Uma empresa pernambucana desenvolveu um aplicativo para celular para ajudar clientes a escolher a farmácia com o remédio mais barato. O dispositivo está funcionando há seis meses e já foi baixado por mais de sete mil pessoas.

Com essa tecnologia, é possível comparar o preço em mais de 100 farmácias do Grande Recife, digitando o nome do produto desejado. Na mesma hora, as farmácias cadastradas recebem um alerta no computador e o balconista preenche as informações, solicitadas. Assim, o cliente recebe a cotação.

A empresa surgiu como start up, incubada dentro do Porto Digital, em meados de 2015. Virou empresa independente em 2017 e, segundo a direção, provocou uma mudança no perfil do consumidor e da concorrência com grandes redes.

O analista de sistemas Húgaro Bernardino tem 28 anos e é diabético. Desde 2016, precisa tomar insulina e gasta em torno de R$ 250 reais por mês. O aplicativo ajudou a economizar dinheiro e tempo, e agora ele tem certeza onde vai encontrar o medicamento.

“É muito difícil de encontrar essas insulinas de ponta, que usa uma vez por dia, a cada dois dias. Grandes redes aqui do Recife, de Pernambuco, às vezes, faltam e não têm explicação. Já cheguei a ir em todas as farmácias de Olinda e não consegui encontrar uma insulina. Precisava tomar à noite, para dormir, e não foi possível. Agora eu consigo, antes de sair de casa, saber quais são as farmácias que tem e ver a cotação”, disse Hugo.

O aplicativo surgiu de uma ideia do empresário Aldo Ferreira, que tem três filhos e enfrentava muita dificuldade para fazer pesquisa de preço nas farmácias. Ele formou um grupo com investimento inicial de R$ 200 mil e, hoje, 12 funcionários trabalham nas ruas e dentro do escritório. Recentemente, a empresa recebeu R$ 600 mil de um grupo de investidores para expandir os negócios em outras regiões do país. O foco agora é São Paulo.

“Aqui, estamos com mais de 100 lojas, mas no Sudeste, em duas viagens, conseguimos pré-cadastrar mais de 700 farmácias, em São Paulo, na região de Osasco e Aparecida. Estamos operando no mercado de todo o Brasil, com farmácias online. Pretendemos, até o início de 2017, estar com farmácias locais também, pois esse é o grande diferencial. Permitimos que o consumidor encontre na farmácia próxima de sua casa”, explica Aldo.

O aplicativo fica com 5% a 8% do valor das vendas. Para o comerciante Nelson Azevedo, dono de uma farmácia no bairro do Espinheiro, na Zona Norte do Recife, é a oportunidade de conquistar novos clientes.

“Atuamos em um bairro mais antigo na cidade e, por consequência, também temos um público de mais idade, que já conhece como a farmácia do bairro. Agora, com o aplicativo, um público mais novo passa a vir, às vezes até de um bairro próximo. A grande sacada desse sistema é trazer para a gente, que é menor, que não é uma farmácia de rede, a possibilidade de competir com os grandes”, considerou Nelson.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com