Página Inicial / ASSESSORIA DE IMPRENSA / INTERNACIONAL / Adolescente de 16 anos morre após overdose de cafeína

Adolescente de 16 anos morre após overdose de cafeína

Davis Allen Cripe, um garoto de 16 anos, da Carolina do Sul, Estados Unidos, faleceu  em sua escola, após ter uma overdose de cafeína. Ele ingeriu três bebidas que continham cafeína em menos de duas horas, começou a passar mal e morreu depois de outras duas horas, de acordo com o legista responsável pelo caso, Gary Watts. Ele não tinha nenhuma condição cardíaca que justificasse o colapso.

“Nesse dia em particular, duas horas antes da sua morte, nós sabemos que ele consumiu uma lata grande do refrigerante Mountain Dew, um café latte da McDonald’s e algum energético”, ele disse em uma coletiva com a imprensa, de acordo com o site de notícias do programa de TV NBC News. Essa combinação carregava uma quantidade de cafeína muito grande, o que causou arritmia no rapaz, que é uma alteração elétrica que provoca modificações no ritmo das batidas do coração.

A autopsia não indicou nenhum tipo de condição no coração de Davis e, de acordo com o legista, o nível de cafeína para o peso do jovem – cerca de 90 Kg – estava muito acima do recomendado. “A nossa intenção não é falar mal do refrigerante, do café ou dos energéticos. Nós queremos que as pessoas entendam que essas bebidas, a quantidade de cafeína e a forma como ela é ingerida pode ter consequências muito graves, que é o que aconteceu nesse caso”, apontou Watts.